Uma escola guiada pelo mistério

A Casa do Amor lembra que o Amor mora dentro do coração de cada um.
Sabendo o lugar, não tem como errar.
Até parece…
Como é mesmo que eu chego até lá?
Qual é a estrada que dá acesso a esta região?
Tem um mapa? Algum manual? GPS? Waze?
Quem pode indicar o caminho?

Pois é, isto é a questão. O caminho que leva ao coração é um mistério.
É claro, afinal o Amor é um mistério.
Como ele pode morar num lugar tão apertado?

Aí está!!!
Acontece que ele não mora dentro do coração físico. Não se trata do coração do lado esquerdo do peito.
Todos já sabiam disto, é claro. É este que está sendo apontado no centro do pulmão.
O coração é um lugar onde dá para ter acesso ao Amor.
É um portal de conexão entre o material e o imaterial.
E é óbvio que o Amor pertence ao imaterial.
Ele não pode ser tocado, nem tem como segurar ele.
Ele só existe em liberdade.
Igual um beija-flor que vai de flor em flor sem se apegar a nenhuma.
Ele ama a todos, sem excessão.
Ele não compara, avalia, analisa ou escolhe, apenas beija a flor que está pronta a ser beijada.
Onde já se viu um beija-flor forçar a entrada?
É como um encontro de dois amantes.
O beija-flor está sempre pronto.
A flor tem que percorrer a jornada da semente até aparecer e florescer.
Só então se dá a união no coração.
Até lá o Amor que está fora, que está em tudo, recorda o Amor que está dentro, esquecido, trancado e apagado, até ele acordar e lembrar de si mesmo.

Tudo que está sendo feito na Casa do Amor é para lembrar de si mesmo, para poder desfrutar da fragrância do Amor e deixar se guiar por ele.

O que é a Casa do Amor?

Nela estamos sendo relembrados que somos Amor em essência e estamos sendo ensinados como se ama aqui na matéria. Amar é a nossa natureza mas como esquecemos dela, precisamos de algumas aulas de reforço. Quando o Amor está no comando se instala a paz, a harmonia e a união. Se torna natural ser atencioso, respeitoso e gentil [...]